SEGUNDA, 09/12/2019, 18:51

Doações para o Fundo Municipal do Idoso vão até o último dia do ano

Com valores ainda tímidos e pouca participação do londrinense, secretária do Conselho Municipal do Idoso acredita que banco de projetos pode impulsionar destinações ao Fundo.

As solicitações de destinação de parte do Imposto de Renda devido para o Fundo Municipal dos Direitos do Idoso se encerram no dia 31 de dezembro. As pessoas físicas podem doar até 6% do imposto. No caso dos empresários, a porcentagem máxima para contribuir é de 1%. Fernanda Serenário, secretária do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, que administra o Fundo, explica que os números oscilam muito de um ano para o outro, resultado do pouco engajamento dos empresários e da comunidade local e da quantidade ainda reduzida de projetos produzidos pelo município.

Em 2016 foram R$ 550 mil. No ano seguinte, o valor quase que dobrou e chegou a R$ 905 mil em doações de pessoas jurídicas. Apenas R$ 20 mil de cidadãos. Mas, em 2018 os números caíram e chegaram a pouco mais de R$ 470 mil. A secretária do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso explica que quase sempre todo o valor destinado vem de cinco pessoas jurídicas, todas elas multinacionais sem qualquer vínculo com a cidade, como um banco e outras empresas de grande porte.

Segundo Fernanda Serenário, a fórmula para tentar ampliar as doações e mudar esse cenário de baixa contribuição pode vir de um banco de projetos que está em fase final de elaboração do edital.

Entre 2017 e 2019 o valor investido pelo Fundo em projetos e ações para o idoso de Londrina foi de pouco mais R$ 3.613.982,05. Alguns das inciativas para 2020 já estão definidas. Uma delas é o edital para contratação de oficineiros para os Centros de Convivência do Idoso, no valor de R$ 200 mil.

A secretária do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso faz um apelo aos empresários e cidadãos e explica que a destinação para o Fundo não implica em gasto extra para os interessados, que em vez de pagarem o imposto devido ao Governo Federal podem destinar parte dele para ações e projetos voltados ao público idoso aqui da cidade.

Toda a prestação de contas do Fundo fica disponível no site do Conselho, diz Fernanda Serenário. As doações são regulamentadas pelo Estatuto do Idoso e outras normativas federais. A destinação deve ser comunicada e quitada até o dia 31 de dezembro, último dia útil do mês. O valor poderá ser deduzido da declaração de Imposto de Renda prestada em 2020, relativa ao ano-calendário 2019.

Mais informações pelo telefone 3375-0283.

Por Marcos Garrido

Comentários