TERCA, 17/09/2019, 19:45

Governo autoriza construção da cadeia pública de Londrina

Com 752 vagas, obra vai custar quase R$ 17 milhões e tem prazo de execução de 15 meses.

O governador Ratinho Júnior assina, nesta quarta-feira, a ordem de serviço para o início das obras em delegacias e cadeias públicas de todo o estado. No total, o pacote tem oito obras em andamento e outras sete em fase de projetos, com construção prevista para começar nos próximos meses.

E a construção da Cadeia de Londrina está incluída neste pacote. Aqui na cidade, serão 752 vagas e o valor da obra é de quase R$ 17 milhões, com prazo de execução de 15 meses.

Hoje, o Paraná tem 30 mil presos no sistema. Vinte mil deles em presídios. Mas, um terço dos detentos, cerca de dez mil, estão nas delegacias. No total, com a construção das novas unidades, vão ser quase nove mil novas vagas em todo o estado. 

O vice-líder do governo na Assembleia, deputado Tiago Amaral, avalia que a construção das cadeias públicas e a retirada de quase todos os presos das delegacias devem mudar essa realidade e refletir na melhoria da segurança pública no estado.

Thiago Amaral afirma que, na prática, a obra em Londrina já começou desde o início do mês. Segundo o deputado, a construção da cadeia aqui da cidade deve resolver o problema das delegacias e liberar os policiais civis para solucionar crimes, não só aqui na cidade, mas em toda a região.  

A assinatura da ordem de serviço para o início das obras nas cadeias e delegacias do estado é nesta quarta-feira, às 11h, no Palácio Iguaçu.

Por Marcos Garrido

Comentários

Publicidade