QUARTA, 18/09/2019, 18:56

Governo do estado libera pouco mais de R$ 11 milhões para custeio do segundo semestre da UEL

Outros R$ 2,5 milhões já haviam sido liberados em agosto.

Na última quarta-feira o governo anunciou a liberação de R$ 11,2 milhões para a Universidade Estadual de Londrina – UEL.

A UEL e as outras universidades estaduais estão enfrentando problemas de custeio desde o início do ano.

O governo bloqueou parte do orçamento anual, contingenciando R$ 8 bilhões em todo o estado, atingindo setores como educação, ensino superior e saúde.

De acordo com o pró-reitor da UEL, Azenil Stavinski, em agosto o estado havia liberado ao menos R$ 2,5 milhões para a instituição, totalizando R$ 13,7 milhões.

Segundo o pró-reitor os recursos serão utilizados para manutenção e custeio da universidade como quitar contratos antigos e regularização de despesas, dívidas atrasadas. Pouco mais de R$ 5 milhões para o HU e o restante para UEL.

As sete Universidades Estaduais esperavam que fosse liberado para esse semestre ao menos R$ 130 milhões, mas o governo liberou R$ 56 milhões, que correspondem à primeira parte do valor anunciado.

A superintendente do HU ainda espera uma reposta do governo do estado para liberação de mais recursos para o Hospital. Nesta quarta-feira Vivian Feijó estava em reunião em Curitiba, buscando respostas para solicitações de outras demandas do HU. A previsão é que a superintendente se manifeste sobre a posição do governo nesta quinta-feira.

Por Bruno Carraro

Comentários