QUINTA, 14/05/2020, 19:15

Sentença garante no Paraná fixação de distância para aplicação de agrotóxicos em áreas com cursos d’água, núcleos populacionais, habitações, escolas, locais de recreação e culturas suscetíveis

A medida já estava sendo executada por meio de liminar que agora vale de forma permanente.

A fixação de distâncias mínimas para a aplicação de agrotóxicos em áreas do Paraná com cursos d’água (rios, córregos e nascentes), núcleos populacionais, habitações, moradias isoladas, escolas, locais de recreação e culturas suscetíveis a danos foi garantida nesta semana, a partir de sentença judicial favorável a ação ajuizada pelo Ministério Público do Paraná.

De acordo com o promotor, Alexandre Gaio, com isso, na prática, o estado volta a ter uma faixa de amortecimento de partículas de agrotóxicos derivados das aplicações em lavouras, com consequente redução de danos à vida das pessoas e dos animais e também ao meio ambiente. A medida já era realizada, mas com liminar e agora passa a valer em caráter definitivo.

Por Bruno Carraro

Comentários